quinta-feira, 9 de março de 2006

A luta pela sobrevivência


Image hosting by Photobucket

Comments:
Crianças...

Um cachorro tem o mesmo efeito se for babão e abanar muito o rabo. Mas a melhor técnica ainda é pegar uma criançinha emprestado e fazer cara de pai viúvo e desengonçado...
 
Aliás, faltaram aquelas setinhas clássicas para dizer a ordem dos quadrinhos. Tá certo que não fez a menor diferença, mas não deu pra entender...
 
Seta? Xi, rapaz. O senhor tá precisando ler mais quadrinhos.
 
Setas? Putz, não vejo setas em quadrinhos desde... Desde a Mônica... :P
 
Meu tio (dono da UOL) disse que não gostou da piada... os pinguins de estimação dele também.

Mas eu gostei.. UHuuu
 
PINGÜINS!
PINGÜINS!
PINGÜINS!
PINGÜINS!
PINGÜINS!
PINGÜINS!
PINGÜINS!
PINGÜINS!
PINGÜINS!
PINGÜINS!
PINGÜINS!
PINGÜINS!
PINGÜINS!
PINGÜINS!
PINGÜINS!
PINGÜINS!

Mudando de assunto: dysprosio, você precisa comer mais feijão com arroz.
 
O pinguim também é judeu...
 
Deviam ter levado o pinguim pro bloco...

Detesto pelar saco mas ficu muito bom o desenho, Plínio. É quase um quadrinho existencialista. Faltava só o Rony narrando um Camus.

:P
 
Putz, o pinguim no bloco era pra fazer proteção policial pro Ary sair. E ia ser tema do samba do ano que vem.
 
ps. Parabens tb pela belisisma ilustracao do decote da guria. Total "blusa decotada da feirinha". Aff! Consultoria de estilo ao blog, por favor.
 
Olha, foi mau se eu não sou in, sou out...

Agora consultoria de estilo que nada... Quadrinho tem de ter decote, mulher pelada e muita setinha pra ajudar na leitura!
 
E eu achando que eles estavam indo lá acasalar, que nem no filme...
 
Dysprosio, não é à toa que fizeste jornalismo! Haja burrice! Hahahah!
 
Ei, eu estava resfriado! Minha vózinha que costurou pra mim...
 
A principio (porque nao é uma hipotese comprovada*), os dois sao meninos. Um menino mais outro menino nao acasala nem aqui, nem na China, nem em Brokeback nem no Alaska. Acho que um pinguim e um meino tb não dá em muita coisa mas isso eu tb nao tenho como comprovar. E nao consigo nem imaginar o que sairia de um acasalamento desses, haha.

*Implicancia gratuita: os homofobicos do blog um dia vão acabar fazendo experiencias do tipo e vao contiuar entrando anonimamente no blog. Ai ai
 
Tsc... não tem pinguim no Alaska mona!

E realmente os homofóbicos tão pegando pesado... Basta o cara pedir seta que eles já vem falando de burrice e cachecol... tsc de novo!
 
Animal de estimação no TV & Cerveja? Isso me cheira a piada reciclada....
 
Não precisa se preocupar. Um pinguim desses não sobrevive mais do que uma ou duas semanas nesse calor que faz aqui.
 
É só o tempo suficiente para o Ary tomar uns tocos até pegar uma gordinha.
 
Ai, tadinhas das gordinhas...Morro de pena. :P
 
That's a great story. Waiting for more. »
 
Postar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?